Como impoprtar roupas para revender

Quando se fala em importar roupas, logo se pensa em containers de roupas de grife à preços baixíssimos, propiciando altas margens de lucro.

Ao pesquisar o mercado, se deseja optar por importar roupas para revender, esse processo é bastante complexo e por isso é muito importante você contratar uma empresa especializada em desembaraço aduaneiro e comércio exterior.

Documentos Necessários Para Importação

Para poder importar roupas legalmente, além do CNPJ como Microempreendedor Individual (MEI) ou Micro e Pequena Empresa, é necessário também obter o RADAR (Rastreamento de Atuação dos Interventes Aduaneiros) juntos à Receita Federal do Brasil.

Além disso, você deverá também obter licença em diversos outros órgãos como o Exército Brasileiro, o Inmetro, entre outros, dependendo  do segmento de sua empresa.

Você pode até tentar obter todas as licenças por conta própria. Entretanto, além de perder muito tempo, a chance de dar algo errado e atrasar ainda mais o processo é muito grande, devido à grande burocracia para você se tornar um importador.

Quais impostos incidem na importação de roupas?

Muitas das principais dúvidas de pessoas que querem importar roupas de grife é em relação aos impostos. Dessa forma, separamos alguns dos principais:

Transporte Internacional de Cargas

Ao importar roupas, se for comprar pela internet, é necessário contratar uma empresa de transporte internacional para entregar as mercadorias em seu endereço.

Esse tipo de serviço é prestado tanto pelo Importa Fácil dos Correios, quanto por transportadoras como FEDEX, UPS, DHL, TNT, entre outras. Inclusive, algumas dessas empresas já oferecem o serviço de despacho aduaneiro à preços bem acessíveis.

Entretanto, se optar por fretes mais rápidos, independente de ser por containers ou pequenos lotes, poderá pagar muito caro, inviabilizando a importação, pois minimizaria suas margens de lucro!

Por isso, ao fazer suas compras, é sempre importante se antecipar ao invés de deixar para a última hora! Assim você poderá se programar melhor, optando por fretes mais demorados, mas reduzindo os custos de importação.

Como enviar produtos dos EUA para o Brasil

Além disso, muitos fornecedores de roupas importadas de países como os Estados Unidos não entregam no Brasil. Isso acontece principalmente com empresas que possuem filial em nosso país, pois praticam preços muito menores em seu país de origem.

Nesses casos, você irá precisar de uma empresa de redirecionamento de encomendas, e se seu objetivo for importar roupas dos Estados Unidos, o Shipito é uma das opções mais confiáveis.

O Shipito possui galpões nos Estados Unidos, e “aluga” endereços de seus boxes para quem deseja importar roupas do Estados Unidos. Assim, ao fazer suas compras nos EUA, você encaminhará sua encomenda para seu endereço no Shipito, que por vez a enviará para seu endereço no Brasil.

Vale a Pena Importar Roupas Para Revender?

Quando se pensa em importar roupas para revender, logo se pensa em peças de grifes renomadas para se revender com margens de lucro exorbitantes.

Entretanto, a importação de roupas é um processo extremamente complexo, com muitos custos, taxas, despesas e impostos.

A importação de roupas já foi sim muito vantajosa nos tempos áureos de valorização do real, o que tornava o custo final mais vantajoso que comprar roupas de fábricas no Brasil.

Entretanto, com a alta do dólar, o que se viu foi um grande número de outlets e importadoras fechando.

Com isso, para se manter no mercado, muito passaram a comprar roupas em atacado em pólos de confecções brasileiros, ou então comprar de grande importadoras de roupas em São Paulo, já que importam em grande quantidade.

No entanto, o que poucos sabem é que no mercado de confecções existe uma grande oportunidade de lucros altíssimos que é o comércio de saldos e pontas de estoque de confecções.

Se você procura por ambas as opções, uma ótima dica é conhecer o trabalho da empresa Silk Vestuário de Santa Catarina, que trabalha tanto com roupas de grife importadas, quanto com sobras de produção das fábricas que produzem para as marcas famosas.

Vantagens dos Saldos de Confecções

Saldos são nada mais que o que sobra da produção das confecções que produzem para as grandes marcas.

Assim, de modo à evitar prejuízos com estoque parado, estes precisam ser desovados para as confecções produzirem as novas coleções.

Dessa forma, são vendidos em lotes fechados, geralmente à preços muito abaixo do mercado.

Com isso, ao comercializar peças de saldo, é possível obter altas margens de lucro e grande volume de vendas.

Consequentemente, isso torna o comércio de saldos muito mais vantajoso que a importação.

Já vimos muitos importadores quebrarem durante as alterações de câmbio, pois a variação do dólar costuma prejudicar suas operações!

Entretanto, o mesmo não se aplica aos comerciantes de saldos de confecções!

Estes prosperam por décadas sem parar em suas lojas, em todas as épocas do ano sem parar!

Dessa forma, estes empresários grande expansão no decorrer dos anos, mesmo em épocas de crise econômica!

Existem diversos fornecedores de saldos no Brasil, especialmente em regiões como o Brás em São Paulo e em Santa Catarina.

Para maiores informações sobre fornecedores de saldo e de roupas importadas, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 94737-0003, ou clicando no link abaixo:

Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:

 

Precisa de ajuda, ou tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário abaixo:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat